8 jun, 2017
por Daniel Geraldes
5
470

Associação pede prorrogação do prazo de cadastramento de fábrica de ração exigido na IN 14

O diretor executivo da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Nilo de Sá, esteve reunido com o Secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), Luis Eduardo Rangel, nesta última segunda-feira (05), na sede da pasta para discutir a prorrogação de prazo para a aplicação da Instrução Normativa (IN) 14 …

O diretor executivo da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Nilo de Sá, esteve reunido com o Secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), Luis Eduardo Rangel, nesta última segunda-feira (05), na sede da pasta para discutir a prorrogação de prazo para a aplicação da Instrução Normativa (IN) 14 de 2016 nas fábricas de ração de produtores rurais que fabricam alimentos com medicamento para consumo próprio, sem comercialização. De acordo com dados da ABCS, a suinocultura brasileira independente representa atualmente 40% dos produtores, os quais possuem, em sua maioria, fábricas próprias de ração sem fins comercias.

O executivo da instituição reforça a necessidade de prorrogação do prazo de cadastramento e adequação das fábricas de ração dos produtores que fabricam alimento com medicamentos sem fins comerciais. “Os produtores independes congregam aproximadamente 680 mil matrizes em diversos estados. Muitos suinocultores já adotam alguns requisitos da IN 14 de 2016 e da IN 04 de 2007, porém no último ano o setor enfrentou uma grave crise desencadeada pelo aumento excessivo do valor do milho, principal componente da ração”.De Sá explica ainda que a adequação total às exigências da IN 14 foi comprometida pelo momento vivido pela cadeia em 2016. “No último ano os recursos disponíveis foram utilizados para se manter na atividade, não havendo espaço para contrair os já escassos créditos para investimento oferecidos no mercado” afirma o diretor executivo da ABCS.

Para o Secretário de Defesa Agropecuária do MAPA, Luis Eduardo Rangel, o posicionamento da ABCS é fundamental para debater sobre a necessidade de prorrogação e adequação da IN e garante que a Pasta está disposta a ouvir o setor e suas necessidades. “É fundamental que toda a cadeia esteja envolvida nesse debate referente a IN e o uso de antimicrobianos a fim de construir um posicionamento conjunto entre produtores e MAPA no tocante a defesa agropecuária brasileira.

Fonte: SuinoCultura/Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...