29 jun, 2020
por Daniel Geraldes
116
566

Brasil não garante cargas de soja livre de COVID-19

Pedido da China exige “coisas complicadas”, comenta diretor do comitê de contratos da ANEC.

A China tem demonstrado preocupação com a possibilidade de uma nova onda de surtos do novo coronavírus no país. De acordo com as autoridades chinesas, o temor é em relação às cargas importadas de outros países onde o surto ainda está em ascensão, como o Brasil. Para isso, exigiu aos exportadores de soja uma garantia de que a carga esteja “livre de COVID-19”.

Em resposta à solicitação, os exportadores brasileiros de soja declararam que não devem dar à China as garantias que foram solicitadas por autoridades alfandegárias, pois isso exigiria testes mais amplos. A informação foi confirmada pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (ANEC) na quinta-feira (25).

A declaração enfatiza que não há comprovação de que o vírus possa ser transmitido por alimentos, disse Marcos Amorim, diretor do comitê de contratos da ANEC, durante um webinar. Os membros da associação incluem a maioria dos principais comerciantes de commodities agrícolas do mundo.

“A Anec está preparando uma carta para os associados responderem (aos chineses) de maneira igual. De preferência, a gente gostaria que a declaração não fosse assinada (pelos exportadores brasileiros)”, disse Amorim.

Para o diretor do comitê, a solicitação do país asiático inclui “coisas complicadas”, como, por exemplo, “dizer que a carga está livre de Covid”.

“A gente não pode declarar isso sem que a carga seja testada. E também declarar que as leis chinesas estão sendo respeitadas. O exportador brasileiro não pode declarar isso porque ele não conhece (as leis chinesas). Mesmos as maiores empresas, elas não conhecem”, pontua.

Fonte: G1 e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »