18 maio, 2021
por Daniel Geraldes
139
1063

Conheça os cuidados na alimentação de cadelas gestantes e lactantes

Conheça os cuidados na alimentação de cadelas gestantes e lactantes.

Entenda como funciona o manejo e as necessidades alimentares das cadelas antes, durante e após o parto.

Atualmente, é possível comprovar que a qualidade do alimento oferecido aos pets, respeitando-se a correta indicação de acordo com a fase da vida, reflete muito em sua longevidade e bem-estar.

Nas fases de gestação e lactação, o cuidado nutricional é de extrema importância, pois nesse momento as mudanças fisiológicas são significativas e rápidas. Levando-se em consideração a alta demanda energética para desenvolvimento dos filhotes e amamentação, a cadela necessita de uma demanda energética de 3 a 4 vezes maior do que no período de manutenção.

A gestação da cadela dura em média 62 dias, sendo que o terço final necessita de atenção dobrada. Nesse período ocorre o maior crescimento dos filhotes, e a cadela gestante terá seu maior ganho de peso.

Nos 40 primeiros dias de gestação é importante que a nutrição seja de boa qualidade, com alta energia metabolizável e proteínas de alto valor biológico, oferecendo todos os nutrientes necessários. Durante esse período é preciso ter cuidado para não superalimentar a cadela, pois o resultado poderá trazer malefícios à mãe e aos filhotes.

Após essa etapa, inicia-se a fase de maior demanda de energia, o terço final da gestação. O desenvolvimento expressivo dos filhotes e a produção de leite requerem um maior aporte nutricional, tornando muito importante o consumo de alimentos com alta energia. Proteínas e gorduras contidas nos alimentos possuem papel importante principalmente como fontes de energias e ômegas, auxiliando também no maior aproveitamento das vitaminas. Um alimento contendo DHA em sua composição é muito importante pois auxilia no desenvolvimento do sistema nervoso central dos filhotes.

A necessidade energética precisa ser adaptada à quantidade de filhotes e ao peso da mãe de acordo com seu porte. A demanda energética é maior, mas o espaço físico gástrico da cadela fica mais restrito devido à presença dos filhotes na cavidade abdominal, então o ideal é aumentar a frequência de alimentação entre 4 e 6 vezes ao diacom porções menores, garantindo assim que ela receba todo o suporte nutricional sem estresse. É fundamental respeitar a quantidade de alimentação diária recomendada. Ela será reajustada de acordo com o período gestacional, por isso a orientação de um médico-veterinário se faz importante.

Diante de todas essas necessidades nutricionais, atualmente existem no mercado alimentos indicados para cadelas em fase reprodutiva. Entretanto, alimentos de boa qualidade indicados para cães filhotes também são recomendados e mais acessíveis. O ideal é optar por um produto para filhotes de categoria super premium, por conterem os níveis nutricionais que se enquadram na necessidade que a cadela está requerendo.

Alguns autores indicam fazer a troca do alimento que a cadela consome para alimentos indicados a cães filhotes somente no terço final da gestação, por esse período ser o de maior requerimento energético. Entretanto, outros autores optam por indicar a troca desde o período em que a cadela estiver entrando em seu ciclo reprodutivo, justificando manter seu aporte nutricional desde o início e causar menor estresse de transição alimentar em um momento onde ela já está sendo muito desafiada fisiologicamente. É válido buscar orientação do médico-veterinário para realizar essa transição de forma segura após uma avaliação da cadela.

O período de lactação é a fase de maior adequação nutricional para a produção de leite, onde toda energia basal é utilizada para manter a lactante em ótimo estado de vida e ainda alimentar seus filhotes. Durante essa fase é importante fornecer ao animal produtos para filhotes de melhor qualidade, que suprirão todas as exigências sem precisar de nenhum tipo de suplementação.  Deve-se lembrar também que o nutriente de maior importância é a água. A ingestão abundante de água é essencial para a produção de leite em volume suficiente. Por isso, mantenha-a sempre disponível, limpa e fresca.

É essencial que o acompanhamento seja feito com um médico-veterinário, para que seja possível prevenir problemas e manter a cadela e seus filhotes sempre saudáveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »
×

Olá, como posso te ajudar?

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp.

× Como posso te ajudar?