14 set, 2020
por Daniel Geraldes
121
265

Contratações do Plano Safra somam R$ 48,9 bi

Montante é resultado da somativa dos dois primeiros meses da ação.

Após dois meses do início do Plano Safra 2020/2021, contratação do crédito rural já soma $ 48,9 bilhões. Montante, divulgado pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), na última quinta-feira (11), representa alta de 30% em relação a julho e agosto do ano anterior.

De acordo com o MAPA, índice elevado “é reflexo da intensificação das atividades agropecuárias baseando-se nas perspectivas favoráveis de mercado e no elevado nível de confiança do produtor rural”.

Destaques
Dentre os destaques estão os financiamentos de investimento, com contratações de R$ 11,9 bilhões, crédito de custeio com R$ 29,9 bilhões e os financiamentos de industrialização com R$ 3,6 bilhões. Em contrapartida, a contratação para comercialização registrou queda de 8% como consequência da elevação dos preços agrícolas, e totalizou R$ 3,4 bilhões, redução de R$ 281 milhões em relação ao período anterior.

Como também aponta o Ministério, o Programa de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp), cuja disponibilidade de recursos para a safra 2020/2021 aumentou 25,1%, somando R$ 33,2 bilhões, teve as contratações de financiamentos de investimento ampliadas em 83% e, as de custeio, em 15%, totalizando R$ 726 milhões e R$ 6,7 bilhões respectivamente. Em número de contratos, o crescimento foi de 70% nos financiamentos de investimento e de 10% nos de custeio.

Para o diretor do Departamento de Crédito Rural e Informação da Secretaria de Política Agrícola, Wilson Vaz de Araújo, o bom desempenho do Pronamp é uma resposta dos médios produtores rurais ao fortalecimento do apoio a eles concedido, assegurando maior disponibilidade de recursos e melhores condições de financiamento.

No que tange o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), a iniciativa conta com R$ 33 bilhões para a safra 2020/2021, aumento de 5,7% e suas contratações de custeio já somam R$ 5,5 bilhões (crescimento de 26%) e de R$ 2,8 bilhões no investimento (alta de 39%).

Panorama
“A principal fonte de recursos nas contratações de custeio do Pronamp, Pronaf e dos demais produtores foi a Poupança Rural Equalizada. No âmbito desta fonte, os chamados demais produtores responderam por R$ 7,9 bilhões, superando a soma dos recursos utilizados pelo Pronamp (R$ 4,3 bilhões) e pelo Pronaf (R$ 3,1 bilhões)”, concluiu o levantamento.

Fonte: MAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »