28 abr, 2020
por Daniel Geraldes
106
1156

Exportação de grãos deve ter alta em maio

De acordo com a Abiove embarques tendem a somar 30,8 milhões de toneladas.

Com a impulsão proporcionada pela soja, as exportações de grãos brasileiros devem continuar aquecidas durante o mês de maio. De acordo com a estimativa realizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), os embarques de soja em grão, farelo de soja, milho e outros, tendem a somar 30,8 milhões de toneladas (soma é referente ao bimestre atual, de abril a maio).

No levantamento, a soja em grão, que atingiu 11,6 milhões de toneladas no mês passado (US$ 4 bilhões), um recorde para março, deverá alcançar 25,5 milhões de toneladas em abril e maio, aumento de 36,6% quando comparado ao mesmo bimestre de 2019. No caso do farelo, o incremento será menor – pouco superior a 3%, para 3 milhões de toneladas -, e no conjunto (grão e farelo) a receita deverá subir 27%, para US$ 9,8 bilhões, levando-se em conta preços praticados no mercado em abril, como afirma a Associação.

Para o presidente-executivo da Abiove, André Nassar, em entrevista para o Valor Econômico, a estimativa para a soja em grão está em linha com o grande volume de vendas antecipadas e com uma demanda externa ainda aquecida, sobretudo da China. Referente ao farelo, pesam problemas logísticos enfrentados pela Argentina devido restrições relacionadas ao combate ao novo coronavírus.

Ainda segundo o Nassar, o aumento de 25%, quando também comparado ao mesmo período do ano anterior (24,6 milhões), como mostrou o levantamento, trará reflexos positivos da mesma proporção na quantidade de fretes rodoviários para o transporte das mercadorias.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »