7 jun, 2017
por Daniel Geraldes
5
237

Exportações brasileiras sobem 7,5% com relação a maio do ano passado

No acumulado do ano, saldo comercial é de US$ 29 bilhões, alta de 47,5%. O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC, Brasília/DF) divulgou os resultados da balança comercial do mês de maio. De acordo com as informações, as exportações registraram US$ 19,792 bilhões e as importações US$ 12,131 bilhões. Com isso, o mês …

No acumulado do ano, saldo comercial é de US$ 29 bilhões, alta de 47,5%.

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC, Brasília/DF) divulgou os resultados da balança comercial do mês de maio. De acordo com as informações, as exportações registraram US$ 19,792 bilhões e as importações US$ 12,131 bilhões. Com isso, o mês apresentou o maior superávit mensal já registrado: US$ 7,661 bilhões.

O diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação do MDIC, Herlon Brandão, atribuiu o resultado ao crescimento tanto das exportações quanto das importações, no mês. “É um resultado bastante significativo e reforça o bom desempenho que a balança comercial vem apresentando ao longo do ano”, diz.

Em relação a maio de 2016 o saldo positivo apresentou um crescimento de 19%. Pela média diária, as exportações apresentam crescimento de 7,5% sobre o período analisado. Na comparação com abril de 2017, houve retração de 8,4%. Nas importações, em relação à média diária de maio do ano passado, houve aumento de 4%. Já na comparação com abril último, também pela média diária, houve queda de 7,4%.

Desde o início do ano, as exportações já somam US$ 87,932 bilhões, o que representa crescimento de 18,5% sobre o mesmo período de 2016, pela média diária. Nas importações houve aumento de 8,4%, no mesmo comparativo. A corrente de comércio alcançou US$ 146,832 bilhões, um aumento de 14,2% sobre o mesmo período anterior, também pela média diária.

“Primeiramente, é importante destacar que este é um excelente resultado da balança comercial. E essa pequena retração do índice quantum foi impactada pelos embarques de milho, que foram 78,6% menor que o verificado nos cinco primeiros meses de 2016, por conta de quebra da safra brasileira do grão”, finaliza.

Fonte: MAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...