14 jul, 2020
por Daniel Geraldes
120
1829

Exportações do agro brasileiro cresceram 24,5%

Porcentagem marcou um novo recorde para os embarques referentes aos meses de junho.

Com o registro de vendas externas em US$ 10,17 bilhões, o mês de junho marcou um novo recorde para as exportações do agronegócio brasileiro. Segundo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), crescimento foi de 24,5%, quando comparado ao mesmo período do ano anterior (US$ 8,17 bilhões).

Como explica o Boletim da Balança do Agronegócio, divulgado na última sexta-feira (10), pela Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do MAPA (SCRI-MAPA), até então, “em nenhum ano da série histórica (1997-2020) as exportações do agronegócio ultrapassaram US$ 10 bilhões para meses de junho”.

Soja
De acordo com o levantamento, o setor que mais impulsionou esse cenário foi o da soja, com aumento das vendas externas, passando de US$ 3,53 bilhões em junho de 2019 para US$ 5,42 bilhões em junho de 2020. Alta de 53,4% ou quase US$ 1,9 bilhão em valores absolutos.

O setor teve grande influência dos embarques da soja em grãos, com 13,8 milhões de toneladas enviadas, alcançando US$ 4,67 bilhões em junho de 2020. Uma expansão do quantum (proporção de uma grandeza em uma divisão) em 5,2 milhões de toneladas na mesma comparação.

Participação chinesa
E como esperado, a China foi o país responsável pela expansão do volume exportado pelo Brasil. A região adquiriu 70% da soja em grãos brasileira em junho, elevando as aquisições de produtos do agronegócio brasileiro em US$ 1,3 bilhão entre junho de 2019 e junho de 2020. “65% do crescimento em valores absolutos das exportações brasileiras do agronegócio observados junho de 2019 e junho de 2020”, pontuou o boletim.

Proteína animal
No que se refere aos embarques das carnes brasileiras, as vendas externas contabilizaram US$ 1,41 bilhão (4,5%), o que também rendeu recorde para o mês de junho, com 626,5 mil toneladas. Seguindo o MAPA, a carne bovina representou mais da metade do valor exportado de carnes, com registros de US$ 742,56 milhões.

Cenário que também foi notado na carne suína. A proteína também apresentou valor e volume recorde em vendas externas para o mês. “As exportações foram de US$ 196,86 milhões, com volume de 95 mil toneladas”, informou o Ministério.

Já as exportações de carne de frango foram de US$ 438,23 milhões (-32,1%), apresentando queda de 13,6% no volume exportado e redução de 21,4% no preço médio de exportação.

“A China se destacou mais uma vez nas aquisições de carnes brasileiras, tendo importado metade da carne bovina e suína exportada pelo Brasil. A participação da China nas aquisições de carne de frango também foi relevante, chegando a 23,7% do total exportado”, explicou o Ministério.

Visão geral
No panorama geral, o agronegócio brasileiro representou um aumento na participação das exportações nacionais, partindo de 44,4% (junho/2019) para 56,8% (junho/2020), com crescimento de US$ 2,0 bilhões.

Fonte: MAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »