9 ago, 2018
por Daniel Geraldes
47
6826

Grupo Sanimax pretende oferecer a melhor solução ambiental

Grupo Sanimax pretende oferecer a melhor solução ambiental para o agronegócio brasileiro

Há dois anos no Brasil, após adquirir as ações das companhias brasileiras Farmina e Folem, o Grupo Sanimax deseja repetir em solo nacional a sua história de sucesso no setor de processamento de resíduos de origem animal, compartilhando a sua longa experiência e know-how

Por: Lia Freire

São mais de sete décadas de uma história que atravessou gerações – hoje a companhia é comandada pela quarta geração da família Couture – trabalhando com profissionalismo e seriedade, respeitando os princípios de seus fundadores.

Tudo começou com a extração dos subprodutos de origem animal e mais de um século depois a atividade continua no centro dos negócios da companhia, que também faz uso da filosofia subjacente à extração de óleos e farinhas, recuperando materiais, renovando-os e retornando-os ao mercado. Ao longo desta trajetória, a Sanimax experimentou um expressivo crescimento, sendo reconhecida como líder do setor de processamento na América do Norte.

Como parte do seu plano de crescimento, em 2016, a Sanimax concluiu uma transação comercial com o executivo Fabio Victor e adquiriu as ações das empresas Farima e Folem.  A Sanimax continua explorando novos negócios, ao mesmo tempo em que permanece fiel ao seu objetivo ambiental: recuperar, reutilizar e retornar.

Em entrevista à Revista Graxaria Brasileira, o atual Diretor Comercial do Grupo Sanimax, Fabio Victor fala sobre os negócios, o futuro da Farima e Folem, as expectativas e projeções do Grupo. Confira!
 

Revista Graxaria Brasileira – O que levou o Grupo Sanimax a se interessar pela Farima e Folem e a vocês se submeterem a essa compra?

Fabio Victor – De um lado, a Sanimax que estava olho no potencial do mercado brasileiro – considerado um dos maiores na produção de proteína animal – e vislumbrou ótimas oportunidades neste setor de subprodutos. De outro, nós, executivos da Farima e Folem percebemos que era o momento de partir para novos negócios e expandir a atuação, apesar do crescimento do setor de subprodutos, o mercado vem alterando o seu perfil e grandes grupos estão se consolidando no mercado.

Revista Graxaria Brasileira – Com esta transação comercial, o que mudou em relação aos negócios da Farima e Folem?

Fabio Victor – Antes de tudo é preciso dizer que os nossos colaboradores tiveram irrestrito apoio do Grupo Sanimax, o que resultou em um gerenciamento mais corporativo e profissional. Sem dúvida, esse foi o maior aporte da Sanimax, possibilitando com isso novas oportunidades à equipe do Brasil de aperfeiçoamento e crescimento pessoal dentro do Grupo. Houve também um maior foco na saúde e segurança dos colaboradores; atenção ao meio ambiente; alinhamento e sinergias para atendimento de clientes e melhorias de processos e performance entre as fábricas, com uma significativa evolução na qualidade dos produtos. Em relação aos negócios, no mercado interno não houve mudanças nas operações, porém após transação comercial aumentamos nossas exportações para diversos países, sempre com o apoio do time comercial do Canadá. Por enquanto, manteremos as marcas Farima e Folem, inclusive contratamos uma consultoria para entender o peso das nossas marcas, apesar que a tendência é disseminarmos e implantarmos o nome Sanimax no mercado brasileiro e replicarmos a história de sucesso desta companhia familiar que está em sua quarta geração.

Revista Graxaria Brasileira – Para o mercado brasileiro quais foram as mudanças?

Fabio Victor – Com a implantação de alta tecnologia melhoramos o controle de produção e consequentemente reduzimos custos, melhorando significativamente a qualidade dos nossos produtos finais. Posso afirmar que hoje temos a melhor farinha de origem animal disponível no mercado.
 

Revista Graxaria Brasileira – Quais serão os benefícios dessa restruturação?

Fabio Victor – O Grupo Sanimax tem no seu DNA e trabalha com os “3R’s” – Recolher, Renovar e Retornar. Certamente novos projetos serão implementados e o mercado brasileiro poderá contar com uma empresa preocupada com a conservação do meio ambiente, que respeita os seus colaboradores e parceiros, buscando sempre a melhor e mais rentável solução para todos os envolvidos nos negócios.

Revista Graxaria Brasileira – Haverá novos negócios?

Fabio Victor – Além do segmento de farinhas e óleos de origem animal, a Sanimax tem no Canadá e Estados Unidos outros negócios relacionados ao agronegócio. Aqui no Brasil estamos adaptando nosso parque fabril para esses projetos. O propósito é sermos reconhecidos pelo mercado como a melhor solução ambiental para a indústria do agronegócio. Estamos trabalhando fortemente todos os dias para alcançar esse status. Assim como acontece com a Sanimax, nos mercados onde já atua, aqui também desejamos ser conhecidos como uma empresa do segmento “3R”: Recolher, Renovar e Retornar ao mercado nossos produtos.
 

Revista Graxaria Brasileira – O Grupo Sanimax enfatiza em sua política de atuação quatro pilares: saúde, segurança, meio ambiente e qualidade. Poderia falar a respeito?

Fabio Victor – O Grupo Sanimax tem como meta ser reconhecido como uma das melhores soluções no nosso setor, sem descuidar dos funcionários, meio ambiente e sociedade. Estas são metas e valores inspiradores e motivadores para toda a empresa e colaboradores. O mercado como um todo está ficando mais exigente, por isso, entendemos que esses princípios são os pilares básicos para sustentar a empresa e o nosso crescimento.
 

Revista Graxaria Brasileira – Há a intenção de aquisição de novas empresas?

Fabio Victor – Já estamos sediados nas principais regiões produtoras de frango no Brasil, porém temos conversado com o setor produtor de proteína animal e temos intenção de ampliar o raio de atuação. Atualmente somos o segundo maior produtor mundial de carne de frango e ainda existem muitas regiões e mercados que podemos trabalhar, possibilitando novos negócios e novas parcerias.
 

Revista Graxaria Brasileira – Quais as expectativas de negócios para 2018?  

Fabio Victor – O segmento de subproduto está em uma curva de mudança, alguns grandes players estão deixando de usar em sua composição as farinhas de origem animal, resultando em um problema de consumo interno de proteínas. Por isso, uma das saídas está no trabalho de exportação, mesmo com todas as dificuldades relacionadas às barreiras comerciais e problemas burocráticos com os órgãos reguladores brasileiros. Devemos explorar com afinco este negócio e assim agregar valor aos negócios e remunerar melhor nossos fornecedores.

Neste primeiro trimestre de 2018 percebemos uma suave melhora nos negócios, os abates de frango também aumentaram. Acredito que são aspectos que contribuirão para impulsionar novas oportunidades e colaborarão para um cenário mais animador.

No entanto, ainda há muito o que melhorarmos, como por exemplo, fortalecer as entidades representativas do nosso setor. Aliás, se atingissemos o status de utilidade pública, isso ajudaria e muito nosso mercado de reciclagem, fortalecendo ainda mais o agronegócio brasileiro.

Farima e Folem

  • Ano de fundação: Folem (1998) e Farima (2002)
  • Infraestrutura: São três plantas processadoras. Uma unidade da Farima em Tupassi (PR) e duas da Folem, sendo uma no município de Enéas Marques (PR) e a Folem Ipufol, em Ipuaçu (SC).
  • Mercados atendidos: produtores avícolas e suínos, principais players nacionais do segmento pet food, além de exportar para países como Chile, Colômbia, Vietnã, Argentina, entre outros.
  • Produtos carros-chefe: farinhas de vísceras, de pena e óleo de origem avícola.

Sanimax

  • Ano de fundação: 1939
  • Infraestrutura: Fábricas no Canadá, USA, México e Brasil
  • Mercados atendidos: o principal mercado é o norte-americano, além de exportarem farinhas e óleos para os principais mercados mundiais.
  • Produtos carros-chefe: farinhas e óleos de origem animal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »