22 set, 2021
por Daniel Geraldes
141
1022

Mercado de Óleo de Mamona | Agosto 2021

Por Renan Fernandes | Especialista da Aboissa commodity Brokers

O cenário atual do mercado brasileiro de mamona não é favorável, porque grande parte das cooperativas do país não está colhendo no ritmo que deveriam para a época do ano, e por isso os estoques estão baixos. Há dois meses, a saca que custava R$ 195,00 passou a custar R$ 220,00. Por outro lado, espera-se que a partir do momento em que a colheita começar acontecer de forma regular, os preços poderão perder a tração, mas ainda assim, não é possível garantir que esse movimento por si só será o suficiente para baixar os preços por aqui, uma vez que na Índia os preços das sementes continuam em alta devido ao baixo nível de esmagamento e, portanto, o mercado segue com pouca disponibilidade de óleo. Em média, o volume de sementes que estão sendo entregues para as indústrias de óleo na Índia gira em torno de 3.000 MT por dia a um preço que varia entre USD 775 – USD 795/MT ex-factory, que já é mais caro do que o preço praticado em julho. Com um menor volume de sementes disponível, os estoquistas continuam comercializando em doses homeopáticas sustentando o preço do óleo e derivados em alta.

A postura dos fazendeiros de entregar um volume reduzido para as indústrias deverá permanecer até meados de setembro, que é o período final das monções na Índia. A partir de setembro, o mercado poderá fazer uma projeção mais clara sobre o tamanho da próxima safra. Mas até lá, veremos preços firmes e em elevação. Claro que outros fatores como, os preços dos demais óleos vegetais, demanda externa e o avanço da nova variante Delta ao redor do mundo, também poderá influenciar o comportamento do mercado.

A província de Gujarat está com falta de chuvas, e com a redução de água para o cultivo de Mamona é mais um fator de pressão altista para os preços dos óleos e derivados, portanto o mercado está esperando chuvas fortes em Gujarat nos próximos 10 a 15 dias.

O preço do óleo de mamona FOB Índia em flexitanques hoje custa USD 1.776/MT, um valor maior se comparado há duas semanas. Os fretes internacionais têm sido uma das principais preocupações do mercado, pois não há espaço para muitas rotas e sem previsão de quando os armadores vão liberar mais espaço. Além do espaço, os preços também têm causado espanto, porém mesmo aceitando pagar os altos preços de frete marítimo, ainda assim não existe qualquer garantia de que o embarque será realizado dentro do prazo estipulado. Em média, hoje o custo de frete da Índia para América do Sul está sendo cotado por USD 9.600/container, e o valor vem sido atualizado semanalmente.

Fonte: Aboissa News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »
×

Olá, como posso te ajudar?

Clique abaixo para falar conosco pelo WhatsApp.

× Como posso te ajudar?