5 fev, 2020
por Daniel Geraldes
103
520

PIB do agro segue movimento de alta

Cálculo mostra a pecuária como principal provedora deste cenário.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio nacional apresentou crescente entre janeiro e outubro de 2019 de 1,15%. O resultado segue atrelado à expressiva alta de 13,09% do setor pecuário. Os cálculos foram realizados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e com a Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq).

Seguindo a tendência dos meses anteriores, a pecuária continuou crescendo significativamente, acumulando alta em todos os segmentos no período. Segundo pesquisadores, a ocorrência da PSA em países asiáticos e o consequente forte aumento das importações chinesas de carnes suína, bovina e de aves têm favorecido as cadeias pecuárias brasileiras.

Além de impulsionar os preços, o bom desempenho das exportações tem estimulado também a produção, dentro e fora da porteira. Como os casos da PSA foram duradouros até o final de 2019, os seus efeitos devem continuar impulsionando o PIB nos próximos meses.

Já o PIB do ramo agrícola continuou pressionado especialmente pela queda dentro da porteira, registrando uma retração de 3,24%. A renda do segmento primário agrícola tem sido prejudicada por quedas de preços na comparação anual para diversos produtos (e pelo aumento dos custos de produção, apesar das boas safras de culturas como a do milho.

Fonte: Cepea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »