12 abr, 2018
por Daniel Geraldes
24
8979

Proposta do MAPA pede redução de juros das linhas de custeio do Plano Safra

Medidas também preveem uma retração ainda na demanda em vigor de até 2,5%.

Uma proposta de redução das taxas de juros das linhas de custeio do Plano Safra 2018/19  e em linhas de investimentos foi feita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) para a equipe econômica do governo federal.

As propostas pedem que as taxas de juros das operações de custeio recuem para 6,5% por ano durante está safra, que começa oficialmente em julho. A pasta também a redução do custo dos contratos de investimentos para até 4% ao ano no caso das linhas PCA (armazenagem) e Inovagro (inovação).

As solicitações, porém, ainda não foram aprovadas. A pasta vem observando, ainda, que os juros do Plano Safra sempre ficavam em patamares mais baixos porque o Brasil historicamente manteve juros altos.

O argumento do Ministério da Fazenda é que a taxa de referência da economia já está em um nível “baixo demais”, o que dificulta que os juros dos empréstimos rurais sejam inferiores à Selic, como tem sido a tônica no histórico recente.

Também foi proposta uma antecipação ao corte de até 2,5 pontos nos juros do crédito rural ainda no ano-safra 2017/18. Caso fosse aprovado, a medida seria inédita. Uma das dificuldades da aprovação apontadas pela equipe econômica do governo também seria o prazo, já que falta apenas pouco mais de dois meses para acabar.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »