18 abr, 2018
por Daniel Geraldes
47
4506

Setor suinícola tem retração de 13,4% nas exportações no primeiro trimestre

Um dos mercados promissores é a China, com crescimento de 152% no comparativo.

As exportações de carne suína sofreram retração no primeiro trimestre em comparação ao mesmo período de 2017. A comercialização do produto caiu 13,4%, segundo dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP).

O total das vendas foi de 155,2 toneladas nesse período, contra os 179,2 do ano anterior. Considerando apenas os produtos exportados no último mês, o setor forneceu 58,1 toneladas, um volume 8,1% menor que em 2017.

Em valores a queda foi de 23% na comparação entre os meses de março. Em 2017 a receita chegou a US$ 151 milhões, frente à US$ 115 milhões em 2018. “Em praticamente todos os mercados houve incremento das exportações. Isto ajudou a reduzir os impactos causados pelo embargo da Rússia, que entre janeiro e março do ano passado havia importado 68,5 mil toneladas”, avalia o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra.

Balanço comercial
A comercialização para China obteve um crescimento de 152% em comparação ao primeiro trimestre do ano passado. Um dos principais destinos foi Hong Kong, que importou 46,4 mil toneladas, número 23% maior que as 37,7 embarcadas em 2017.

Outros mercados que tiveram um aumento em comparação à 2017 foram Singapura (5%), Uruguai (31%), Chile (30%) e Angola (11%). Já a Argentina teve uma queda de 3,5% em relação ao ano anterior.

Fonte: ABPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Graxaria
  • Óleos e Gorduras
  • Pet Food
  • Aqua Feed
  • Animal Feed
  • Espuma
Aguarde...

Cadastre-se

Aguarde...

Esqueci minha senha

Aguarde...
Translate »